NANA VASCONCELOS – SOM IMAGINÁRIO; MUTANTES

Continuar lendo

Anúncios

THE SILVERY BOYS

Continuar lendo

THE BELLS

CESAR NINE – COQUETEL MOLOTOV; FINIS AFRICAE

Continuar lendo

Gato Felix – Novos Baianos

Gato Felix – Novos Baianos

ZEZE MOTTA

Tornou-se conhecido nacionalmente a partir de 1973 como integrante do grupo Secos & Molhados. Musicou o poema “Rosa de Hiroshima”, de Vinicius de Moraes, que se tornaria um dos sucessos do primeiro LP do grupo. Com o término do conjunto, em 1974, uniu-se ao letrista Paulo Mendonça e à cantora e atriz Zezé Motta, lançando no ano seguinte, em 1975, o LP “Gérson Conrad e Zezé Motta”, no qual se destacariam “Trem noturno” e “A dança do besouro”.

O LP, lançado originalmente em 1975, marcou a parceria do guitarrista, ex-Secos & Molhados Gerson Conrad com Zezé, estreando sua discografia. O álbum tem levada rock e MPB.

Continuar lendo

LUIS MELODIA

Luiz Carlos dos Santos, carioca, nascido no morro, viveu nas quebradas de São Carlos, por onde só anda quem conhece. Do pai herdou o apelido e um destino: ser compositor, cantor e malandro que no lugar da teoria tem cicatrizes profundas, feitas de vida. Que não admite o samba domado, nem escola estilizada.

Cresceu bebendo a pura música jorrada das fontes perenes que nascem das entranhas do Morro de São Carlos e do bairro do Estácio. Não quis saber de leituras formais nem do trabalho alienante. Preferiu ser desde cedo o que ele alcunhou de “musiquim”, talvez uma mistura de música com botequim. Aproveitou bem o tempo da felicidade musical em que todos os ritmos e todas as tendências eram postas à disposição para o deleite de todos. Ouviu The Beatles, The Sheik, The Foudation, Renato e seus Bleu Caps, Roberto Carlos, Jorge Bem, Noel Rosa, Ismael Silva e a nata dos chorões da época.

Continuar lendo