Arquivo da categoria: Anos 60

THE SILVERY BOYS

Continuar lendo

THE BELLS

MIGUEL DE DEUS – OS BRAZÕES; GAL COSTA; JARDS MACALÉ; TOM ZÉ

Miguel de Deus foi compositor, arranjador, guitarrista e cantor. Nasceu em Ilhéus, na Bahia. Mas foi no Rio de Janeiro que, em 1969, formou a banda Os Brazões com o guitarrista Roberto, o baixista Taco, o baterista Eduardo, ocasionalmente os percussionistas Mandrake e Gastão, além das vocalistas Clarita e Walkíria .

O grupo fazia uma mistura de rock psicodélico, música brasileira e africana, resultando em uma alquimia pesada entre sons sincopados como toque de candomblé e guitarra com distorção. Além de explorar influências afro-brasileiras e tribais no estilo de vestir e de dançar.

Continuar lendo

JARDS MACALÉ

Nasceu no bairro da Tijuca, ao pé do Morro da Formiga. Ainda menino, mudou-se para Ipanema, onde ganhou o apelido de “Macalé” – nome do pior jogador do time do Botafogo, à epoca.

Começou carreira profissional em 1965, como violonista no Grupo Opinião. Em 1966, fez direção musical dos primeiros espetáculos de Maria Bethânia. Com Gal Costa, Paulinho da Viola e o parceiro José Carlos Capinam, criou a agência Tropicarte, para administrar os próprios espetáculos.

Em 1969, participou do 4.º Festival Internacional da Canção da Rede Globo, acompanhado pela banda Os Brazões e, em meio a vaias da platéia que lotava o ginásio do Maracanãzinho, defendeu a canção Gotham City.

Continuar lendo

JORGE BEN

Carioca de Madureira e criado no Catumbi, desde pequeno gostava de cantar no coro da igreja e participar dos blocos de carnaval. Sonhava em ser jogador de futebol e chegou a integrar o time infanto-juvenil do Flamengo. Mas acabou seguindo o caminho da música. Aos dezoito, ganhou um violão de sua mãe e começou a se apresentar em festas e boates, tocando rock and roll e bossa nova. Era conhecido como Babulino, por conta da pronúncia do rock “Bop-A-Lena” de Ronnie Self. Apelido que Tim Maia tinha pelo mesmo motivo. Dado pela turma de roqueiros, da qual ambos faziam parte, que reunia Wilson Simonal, Erasmo e Roberto Carlos nos bairros cariocas da Tijuca e do Méier.

Continuar lendo

GILBERTO GIL

Nasceu dia 26 de Junho de 1942 em Salvador e passou a infância em Ituaçu, no interior da Bahia. Em 1960, aos 18 anos, formou o conjunto Os Desafinados. Durante a faculdade, teve contato com a música erudita contemporânea por meio de compositores baianos de vanguarda como, Walter Smétak e Hans Joachim Koellreuter.

Em 1962 grava o primeiro compacto com “Povo Petroleiro” e “Coça Coça, Lacerdinha”. Conhece Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gal Costa e no ano seguinte, com Tom Zé no grupo, apresentam o show “Nós, Por Exemplo”, no Teatro Vila Velha, em Salvador.

Logo em seguida Gilberto Gil se muda para São Paulo, onde conhece Chico Buarque, Torquato Neto e Capinam.

Continuar lendo

OS KANDOMBLÉS

Grupo formado em 1968 no Rio de Janeiro, gravou um LP, Juventude Super. O disco inclui “Yé-Yé-Yé é Kandomblé”, uma parceria de Heitor dos Prazeres com seu filho, Heitor dos Prazeres Filho. Em 1957, o sambista havia gravado seu samba “Nada De Rock Rock”, que esculhambava com o novo estilo musical que chegava no Brasil.

Continuar lendo